Carregando ...
Visualização do Trabalho Acadêmico
Repositório Institucional - UECE
Título:
PROSPECÇÃO DE PLANTAS NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO PARA UTILIZAÇÃO EM INDÚSTRIAS DE AROMAS: PERFIL DE COMPOSTOS ODORÍFEROS DO ÓLEO ESSENCIAL DE ACESSOS DE Lippia alba (Mill.) N. E. BROWN

Autor(es):
DUARTE, ANA CAROLINA MOREIRA DE BARROS

Palavras Chaves:
Não informado

Ano de Publicação:
Não informado

Resumo:
Lippia alba (Mill.) N. E. Brown (erva-cidreira) (Verbenaceae) é uma espécie vegetal
que cresce sob a forma de erva ou arbusto. Há registros de sua ocorrência em países da
América do Sul e Central, Europa e África. No Brasil desenvolve-se em todas as regiões
evidenciando sua relevância para a pesquisa nacional. O óleo de L. alba desperta grande
interesse para a indústria de aromas e fragrâncias, seja a mistura ou seus compostos
individuais, de forma que se fazem necessárias análises dos óleos das variedades
genotípicas da espécie em questão. Diversos estudos apontam a variabilidade genética
dentro da espécie dividindo-a em quimiotipos, os quais determinam diferentes
composições para o óleo de L. alba de acordo com os compostos majoritários. O
presente trabalho objetivou determinar o perfil de voláteis do óleo essencial de novos
genótipos de Lippia alba, prospectando materiais com potencial para utilização na
indústria de aromas e investigar a ocorrência de diferentes quimiotipos. Foram obtidos
os óleos essenciais da Lippia alba comum e de mais seis acessos cultivados no Horto de
Plantas Medicinais da Embrapa Agroindustria Tropical (L07, L10, L15, L40, L42 e
L43) por meio de hidrodestilação com aparelho de Clevenger. Os compostos voláteis
foram analisados e quantificados em cromatógrafo com detector de ionização de chama
(CG-DIC), utilizando a coluna RTX-5. Para identificação dos compostos houveram
análises em cromatógrafo a gás acoplado à espectrômetro de massas (CG-EM),
utilizando a coluna DB-5. A área dos picos dos cromatogramas foram analisadas por
técnicas estatísticas multivariadas de Agrupamento Hierárquico (clusters) e Análise de
Componentes Principais (ACP). Foi aplicado o teste sensorial CATA Check-all-thatapply
para caracterização qualitativa dos aromas dos óleos e seus resultados foram
tratados por análise de correspondência. Os acessos de Lippia alba cultivados sob as
mesmas condições, forneceram óleos essenciais de composição química bem variável
em relação a compostos majoritários, tais como mirceno, citral, limoneno e linalol, o
que caracteriza os quimiotipos característicos da espécie. Os resultados estatísticos
revelaram que algumas amostras mostram similaridade entre si como L40 com L43 e
L15, L 07 e L42. Por sua vez as amostras de Lippia comum (LC) e L 10 apresentaram
um perfil diferente em relação às demais.A análise sensorial revelou que os aromas dos
óleos dos acessos L07 e L10 apresentaram qualidade de tempero e floral. L15 e L43
puderam ser descritas pelos termos menta, verde, pimenta, terra e madeira. L42
apresentou características cítricas e medicinais. A lippia comum (LC) e L40 foram
descritas pelos termos fresco, doce, frutal, balsâmico e casca de laranja. Esses
resultados demonstram a riqueza e relevância desses óleos uma vez que grande parte
dos compostos tidos como majoritários são de grande importância industrial.
Palavras-chave: Lippia alba, Óleo essencial, Compostos odoríferos

Abstract:
Lippia alba (Mill.) N. E. Brown (erva-cidreira) (Verbenaceae) is a plant species that grows in
the form of herb or shrub. There are records of their occurrence in countries of South and
Central America, Europe and Africa. In Brazil rises in all regions as demonstrating relevance
to the national survey. The L.alba oil arouses great interest for the flavor and fragrance
industry, either through their mixture or their individual compounds, so that are necessary
analyzes of oils of genotypic varieties of the species concerned. Various studies indicate a
genetic variability in specie dividing into chemotypes, which determine different
compositions for L. alba’s oil according to the major compounds. This study aimed to
determine the volatile profile from the essential oils of new genotypes of Lippia alba,
prospecting materials with potential for use in the flavor industry and investigate the
occurrence of different chemotypes. They were obtained essential oils of Lippia alba common
and six hits cultivated in the Garden of Medicinal Plants of Embrapa (L07, L10, L15, L40,
L42 and L43) by hydrodistillation with a Clevenger apparatus. The volatile compounds were
analyzed and quantified by gas chromatograph with flame ionization detector (GC-FID) using
RTX-5 column. To identify compounds there were analyzes in a gas chromatograph coupled
to mass spectrometer (GC-MS) using a DB-5 column. The area of the peaks of the
chromatograms were analyzed by multivariate statistical techniques of hierarchic grouping
(clusters) and Principal Compound Analysis (PCA). The sensory test CATA Check-all-thatapply
was applied for qualitative characterization of aromas of the oils and the results were
treated by correspondence analysis. The Lippia alba access cultivated under the same
conditions, provided essential oils and variable chemical composition in respect of major
compounds such as myrcene, citral, linalool and limonene, which features characteristic of the
species chemotypes. The statistical results showed that some samples show similarity to each
other as L40 to L43 and L15, L 07 and L42. The samples common Lippia (LC) and L 10 had
a different profile in relation to others. Sensory analysis showed that the aromas of oils L07
and L10 accessions presented spice and floral quality. L15 and L43 could be described by the
terms mint, green, pepper, earth and wood. L42 presented citrus and medicinal characteristics.
The common Lippia (LC) and L40 were described by the terms fresh, sweet, fruity, balsamic
and orange peel. These results demonstrate the richness and relevance of these oils since most
of compounds considered as majority are of great industrial importance.
Keywords: Lippia alba, Essential oil, Odoriferous. compounds

Tipo do Trabalho:
Dissertação

Referência:
DUARTE, ANA CAROLINA MOREIRA DE BARROS. PROSPECÇÃO DE PLANTAS NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO PARA UTILIZAÇÃO EM INDÚSTRIAS DE AROMAS: PERFIL DE COMPOSTOS ODORÍFEROS DO ÓLEO ESSENCIAL DE ACESSOS DE Lippia alba (Mill.) N. E. BROWN . 2016. 74 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico ou Profissional em XX) – Universidade Estadual do Ceará, , 2016. Disponível em: Acesso em: 30 de setembro de 2020

Universidade Estadual do Ceará - UECE | Departamento de Informática - DI
Política de Privacidade e Segurança
Build 1