Carregando ...
Visualização do Trabalho Acadêmico
Repositório Institucional - UECE
Título:
INTERNAÇÕES POR CONDIÇÕES SENSÍVEIS À ATENÇÃO PRIMÁRIA EM MENORES DE CINCO ANOS E A EXPANSÃO DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: UM ESTUDO ECOLÓGICO NO CEARÁ

Autor(es):
COSTA, LÍLLIAN DE QUEIROZ

Palavras Chaves:
Não informado

Ano de Publicação:
2015

Resumo:
RESUMO
As Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária (ICSAP) são um
indicador indireto da efetividade da Atenção Primária à Saúde. O monitoramento
dessas hospitalizações torna-se fundamental para apoiar a tomada de decisão,
especialmente no sistema de saúde primário, a fim de enfrentar o excesso de
internações evitáveis. Este trabalho objetivou analisar a tendência das ICSAP em
menores de cinco anos de acordo com a evolução da Estratégia Saúde da Família
(ESF), no Ceará, de 2000 a 2012. Trata-se de um estudo ecológico longitudinal, com
dados em painel, cujos agregados foram os municípios do Ceará. A população do
estudo foi composta por crianças menores de cinco anos e seus subgrupos etários.
A fonte dos dados foram os bancos de dados secundários acessados pelo
DATASUS, sendo utilizado o software TabWin 3.6b para a coleta dos dados e o
Microsoft Excel® 2010 para a construção de planilhas. As planilhas foram
exportadas para o software Stata®12.0, no qual foi montado o banco de dados
consoante com o desenho do estudo. As variáveis foram divididas em grupos: (1)
referentes às hospitalizações em menores de cinco anos e subgrupos etários, (2)
pertinentes às características dos serviços de saúde e (3) relacionadas aos
indicadores demográficos e socioeconômicos. A medida de associação utilizada
para estimar o efeito da cobertura da ESF sobre as taxas de ICSAP foi o risco
relativo, bruto e ajustado, pelas covariáveis. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de
Ética em Pesquisa da UECE. Foi realizada análise descritiva das taxas de
hospitalizações totais, por condições sensíveis e por condições não sensíveis, além
das causas mais frequentes de ICSAP nos menores de cinco anos e seus
subcomponentes etários. Foi descrita a evolução da cobertura da ESF, dos gastos
com ICSAP e demais variáveis. A análise multivariada avaliou os efeitos da
consolidação da ESF sobre as internações sensíveis. Os resultados do estudo
demonstraram, de modo geral, uma tendência de redução nas taxas de internações
sensíveis e mostrou que as gastroenterites, asma e pneumonias bacterianas
corresponderam as principais causas de admissões hospitalares nos menores de
cinco anos e demais grupos. Foi verificada redução dos gastos com ICSAP no
Estado, elevada cobertura da ESF e melhoria dos aspectos socioeconômicos dos
municípios cearenses. A consolidação da ESF, ajustada pelas covariáveis, reduziu
as taxas de hospitalizações por condições sensíveis à atenção primária em quase
todos os grupos etários analisados, sendo observadas as maiores quedas no grupo
de menores de um ano, mais especificamente no seu componente pós-neonatal e
nas cidades de menor porte populacional. O grupo de menores de um ano,
principalmente, as crianças de 28 dias a 11 meses, parece ser mais beneficiado
pelas ações da atenção primária, o que sugere ser o mais sensível para medir o
impacto das ações da ESF sobre as internações evitáveis.
Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde, Hospitalização, Criança.

Abstract:
ABSTRACT
Ambulatory Care Sensitive Conditions (ACSC) are an indirect indicator of the
effectiveness of primary health care. The monitoring of these hospitalizations is
fundamental to support decision making, especially in the primary health care system
in order to cope with excess preventable hospitalizations. This study aimed to
analyze the trend of ACSC in children under five years according to the evolution of
the Family Health Strategy (FHS), Ceará, since 2000 to 2012. It is a longitudinal
ecological study, with panel data approach, which aggregates were the municipalities
of the state of Ceará. The population was children under five years old and their age
subgroups. The data source was the secondary databases accessed by DATASUS,
being used TabWin 3.6b software for data collection and Microsoft Excel® 2010 to
build spreadsheets. The worksheets were exported to Stata®12.0 software, which
was set up the database in line with the design of the study. The variables were
divided into groups: (1) related to hospitalizations in children under five years and
age subgroups, (2) relevant to the characteristics of health services and (3) related to
demographic and socioeconomic indicators. The association measure used to
estimate the FHS coverage of the effect on ACSC rates was the relative risk, gross
and adjusted for covariates. The study was approved by the Ethics Committee of the
UECE. Descriptive analysis of the rates of total hospitalizations was conducted by
sensitive conditions and for non-sensitive conditions, in addition to the most frequent
causes of ACSC in children under five and their subcomponents age. It has
described the evolution of FHS coverage, spending on ACSC and other variables.
Multivariate analysis assessed the effects of FHS consolidation on sensitive
admissions. The results of the study showed, in general, a trend of reduction in
hospitalizations sensitive rates and showed that gastroenteritis, asthma and bacterial
pneumonia accounted the main causes of hospital admissions in children under five
and other groups. Was the reduction of spending on ACSC in the state, high FHS
coverage and improvement of socio-economic aspects of Ceará municipalities. The
consolidation of the FHS, adjusted for covariates, reduced rates of hospitalization for
ambulatory care sensitive conditions in almost all age groups analyzed, being
observed the biggest falls in the group of children under one year old, specifically in
post-neonatal and in the cities of smaller population size. The group of children under
one year old, mostly children from 28 days to 11 months, seems to be most benefited
by the actions of primary care, which suggests that the most sensitive to measure the
impact of FHS action on preventable hospitalizations.
Keywords: Primary Health Care, Hospitalization, Children.

Tipo do Trabalho:
Dissertação

Referência:
COSTA, LÍLLIAN DE QUEIROZ. INTERNAÇÕES POR CONDIÇÕES SENSÍVEIS À ATENÇÃO PRIMÁRIA EM MENORES DE CINCO ANOS E A EXPANSÃO DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: UM ESTUDO ECOLÓGICO NO CEARÁ. 2015. 106 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico ou Profissional em XX) – Universidade Estadual do Ceará, , 2015. Disponível em: Acesso em: 11 de julho de 2020

Universidade Estadual do Ceará - UECE | Departamento de Informática - DI
Política de Privacidade e Segurança
Build 1