Carregando ...
Visualização do Trabalho Acadêmico
Repositório Institucional - UECE
Título:
Habitacao em Area Centrais: as Contradicoes Do/ no Espaco Urbano no Antigo de Fortaleza/ Ce

Autor(es):
Pereira, Felipe Silveira de Morais

Palavras Chaves:
Não informado

Ano de Publicação:
2013

Resumo:
As áreas centrais são locais nas grandes cidades em que, geralmente, apresentam características
tais como a maior efervescência comercial, oferta de equipamentos urbanos, disposição de
infraestrutura consolidada e boa cobertura de transporte coletivo ao passo que possuem o patrimônio
histórico consideravelmente degradado, concentração de atividades informais, mudança do perfil
socioeconômico e confluência de grupos vulneráveis, além da precariedade habitacional. Os centros
urbanos têm atravessado, na convergência destes fatores, por um processo de evasão de funções,
sobretudo a habitacional, culminando na redução de moradores em sua circunscrição e na difusão de
imóveis vazios e/ou subutilizados. Esta pesquisa pretende se debruçar sobre a realidade fortalezense
para repensar criticamente a (re)produção do espaço urbano de Fortaleza/CE, sendo adotada como
referência espacial a área central. Diversos são os estudos sobre áreas centrais de grandes cidades
brasileiras e internacionais e sob diferentes focos e metodologias, que intentam demonstrar, em
razão de inúmeros matizes, problemas relacionados a este espaço intraurbano. Em Fortaleza, capital
do Estado do Ceará, estes acontecimentos são historicamente produzidos e articulados com a
expansão urbana da cidade. Tendo quatro eixos conceituais (urbanização, espaço urbano, habitação
e área central), este trabalho tem como objetivo analisar a (re)produção do espaço urbano do Centro
Antigo de Fortaleza/CE a partir da habitação. As perspectivas adotadas tiveram o percurso da
investigação que coloque em relevo a condição institucional nas investiduras do Estado através de
um projeto do poder público municipal à área central pretendendo vislumbrar as contradições do/no
espaço por via do materialismo histórico-dialético. Com a concepção marxista, realizou-se o
reconhecimento da realidade para o aprofundamento teórico e retorno à realidade teorizada, sendo
necessário para isso a feitura de revisão bibliográfica, a coleta e o exame de dados secundários,
como a base censitária e aprofundamento nos Censos 2000 e 2010, de materiais bibliográficos
oficiais e legislações específicas ao nível federal e, principalmente, ao nível municipal e pesquisas
documentais, além das visitas institucionais, organização de curso de curta duração, trabalhos de
campo e entrevistas. Partindo das considerações parciais – aumento da verticalização e da oferta de
alugueis associado à domicílios com menor quantidade de moradores, degradação do ambiente
construído, a segregação de ordem social e política na fixação de moradias, a provisão habitacional
para a população de baixa renda historicamente realizada na periferia urbana corroborando a
mercadoria habitação e a reduzida intervenção no cunho fundiário para o combate ao déficit
habitacional do município –, duas considerações são possíveis: a disposição da função residencial de
modo seletivo espacial e socialmente, sendo a oferta de moradias sobremaneira por meio do aluguel
– e pagando-se mais caro pela terra – com o aumento de domicílios com menos moradores e o
despedaçamento do Centro Antigo de Fortaleza/CE em frações na realização da função habitacional
a partir das contradições do/no espaço, de maneira que se o devir em torno dos vazios urbanos é
uma forma de reunir os fragmentos, a realidade da cidade transformar-se-á com novos rumos para o
urbano sem perversidades, hierarquias e discriminações.

 

Palavras-chave: Urbanização; Habitação; Áreas Centrais; Fortaleza; Centro Antigo. 

Abstract:
The central areas are locations in major cities that usually have characteristics such as greater
effervescence commercial supply of urban infrastructure, provision of infrastructure and good
coverage of consolidated transportation while having the historical patrimony considerably degraded,
concentration of informal activities, changing socioeconomic profile and confluence of vulnerable
groups, in addition to precarious housing.  Urban centers have gone through the convergence of these
factors, by a process of evasion of duties, especially housing, culminating in the reduction of residents
in his constituency and dissemination of empty properties and/or underutilized. This research aims to
look into the reality of population to critically rethink the (re) production of urban space in
Fortaleza/CE, being adopted as spatial reference the central area. There are several studies on
central areas of large cities and international under different focuses and methodologies that attempt
to demonstrate, for innumerable shades, problems related to this intraurban space. In Fortaleza,
capital of Ceará, these events are historically produced and articulated with the urban expansion of
the city. Having four conceptual axes (urbanization, urban space, housing and central area), this study
aims to examine the (re) production of urban space from the Old Town of Fortaleza/CE from the
housing. The adopted outlooks researches, by emphasising the condition institutional, as investitures
in the state through a project of the municipal government to the central area intending to glimpse the
contradictions of/in space by means of historical and dialectical materialism With the Marxist
conception, there was the recognition of the reality for theoretical approaches and return to reality
theorized, being necessary to the making of this literature review, collection and examination of
secondary data, such as census base and deepening the Census 2000 and 2010 of bibliographic
materials and official specific legislation at the federal level, and especially at the municipal level and
documentary research, beyond the institutional visits, organizing of short course, fieldwork and
interviews. Starting from the partial considerations – increased of  verticalization  and supply of rental
associated the homes with fewer residents, degradation of the built environment and the potential for
political segregating in fixing houses and housing provision for low-income populations historically held
on the urban periphery corroborating the  housing commodity and reduced intervention in die land to
combat the city's housing deficit - two considerations are possible: the layout of the residential function
selectively spatial and social, and housing supply greatly through the rental – and paying it is more
costly for the land – with the increase of households with fewer residents and shattering the Old Town
of Fortaleza/CE fractions in the realization of the housing function from the contradictions of/in space,
so that the becoming around the empty urban is a way to gather the fragments, the reality of the city
will be transformed with new directions for the urban without perversity, hierarchies and
discrimination.

 

Keywords: Urbanization; Housing; Central Areas; Fortaleza; Old Town.

 

 

 

 

 

 

 

 

Tipo do Trabalho:
Dissertação

Referência:
Pereira, Felipe Silveira de Morais. Habitacao em Area Centrais: as Contradicoes Do/ no Espaco Urbano no Antigo de Fortaleza/ Ce. 2013. 217 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico ou Profissional em XX) – Universidade Estadual do Ceará, , 2013. Disponível em: Acesso em: 19 de outubro de 2020

Universidade Estadual do Ceará - UECE | Departamento de Informática - DI
Política de Privacidade e Segurança
Build 1