Carregando ...
Visualização do Trabalho Acadêmico
Repositório Institucional - UECE
Título:
Desenvolvimento e Aplicacao da Tecnologia de Exclusao Biocompetitiva (Teb) no Comtrole da Biossulfet

Autor(es):
Carvalho, Alexandra Souza de

Palavras Chaves:
Não informado

Ano de Publicação:
2010

Resumo:
RESUMONeste trabalho otimizaram-se metodologias empregadas à indústria de petróleo para o desenvolvimento e aplicação da Tecnologia de Exclusão Biocompetitiva (TEB). Foram coletadas amostras de água produzida e de injeção de 04 campos selecionados da Unidade de Negócio de Exploração e Produção da Bahia UN-BA para avaliação das cinéticas das populações microbianas totais de BRS e bactérias redutoras de análogos de sulfato e oxidantes de enxofre (BRAS-OS-Petrobióticas) determinadas por métodos microbiológicos, assim como determinação da concentração crítica ideal para os compostos envolvidos na atividade metabólica desses microrganismos monitorados através de métodos químicos clássicos e instrumentais. O trabalho foi realizado no Laboratório de Biotecnologia e Ecologia de Microrganismos (LABEM) do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal da Bahia. A população microbiana média total utilizada de microrganismos foi de 108 NMP ml_1. Foram identificados os géneros Desulfovibrio sp. e Desulfotomaculum sp. (BRS) e Halomonas sp. e Marinobacter sp. (Petrobióticas) através de técnicas de Biologia Molecular desenvolvidas no LABEM, tais como: FISH, RT-PCR e Sequenciamento. Os compostos utilizados durante o desenvolvimento da TEB foram os análogos de sulfato como o nitrato, molibdato de sódio, tungstato de sódio e metavanadato de sódio, agentes inibidores como o nitrito, além de alguns agentes antimicrobianos clorados e não-clorados. Paralelamente, aos análogos de sulfato foi avaliada a ação de matrizes complexantes poliméricas à base de polivinilpirrolidona (PVP) Matriz I, polioxietileno (TWEEN) Matriz II e polietilenoglicol (PEG) Matriz III em combinações com estes compostos, com o objetivo de aumentar a eficiência do processo. O uso dessas matrizes poliméricas, selecionadas por suas características estruturais, possibilitou desenvolver produtos para utilização em campos de petróleo, com o objetivo de melhorar a eficiência dos compostos inibidores pela estabilidade térmica, alta solubilidade em água, baixa toxidade para o meio ambiente e baixo custo das mesmas. Os valores médios de sulfeto obtidos foram de 0,82±0,11 mg L1 para amostras submetidas a TEB e 200±23,5 mg L1 em amostras de água contendo uma população conhecida de BRS (controle positivo). O delineamento estatístico foi aplicado pela análise da comparação entre médias dos valores obtidos de sulfeto, sulfato e outros compostos envolvidos na TEB. Para análise de variabilidade dos dados e significância das variáveis estudadas, aplicou-se análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste Tukey a 5% de probabilidade. Todos os dados foram delineados utilizando-se o software SPSS Statistic versão 17.0. A redução percentual média dos valores de sulfeto encontrada para avaliação da eficácia da TEB foi de 99,9%. A TEB foi eficaz e pode ser uma alternativa para o controle da biossulfetogênese na indústria de petróleo.Palavras-chave: sulfeto, bactéria redutora de sulfato, bactérias petrobióticas, petróleo, tecnologia de exclusão biocompetitiva

Abstract:
Não informado

Tipo do Trabalho:
TCC

Referência:
Carvalho, Alexandra Souza de. Desenvolvimento e Aplicacao da Tecnologia de Exclusao Biocompetitiva (Teb) no Comtrole da Biossulfet. 2010. Sem Numeração Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em 2010) – Universidade Estadual do Ceará, , 2010. Disponível em: Acesso em: 21 de junho de 2021

Universidade Estadual do Ceará - UECE | Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação - DETIC
Política de Privacidade e Segurança
Build 4